NAF pesquisa sobre doação do imposto de renda


918  30 de agosto de 2021

Você sabia que pode destinar parte do seu Imposto de Renda para os Fundos Municipais da Criança e Adolescente e do Idoso? Pois o pouco conhecimento da população sobre esse assunto motivou uma pesquisa do projeto de extensão – Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF), do curso de Ciências Contábeis da Universidade Católica de Pelotas (UCPel). 

A pesquisa sobre a “Destinação(doação) do Imposto de Renda aos Fundos Municipais dos Direitos da Criança (FDCA) e do Adolescente e do Idoso (FDI)” será realizada via e-mail, através de um questionário construído pelo NAF. Segundo a coordenadora do projeto de extensão, professora Graciele Sampaio, a ideia é identificar o conhecimento do cidadão sobre a possibilidade de destinar recursos aos fundos destinados à ações voltadas aos menores e idosos do município. “Realizamos uma live sobre esse assunto, além de divulgarmos  nas  redes sociais da universidade o tema, e percebemos que as pessoas não têm o conhecimento dessa possibilidade”, revela Graciele. 

Prática para ajudar

A pesquisa conta com a participação de alunos de 2° ao 6° semestres do curso de Ciências Contábeis, da Católica. Para a estudante Bianca Souza a iniciativa irá ajudar a compreender o motivo pelo qual poucas pessoas realizam doações para os fundos através do Imposto de Renda. “Acredito que através dessa ação possamos encontrar meios para auxiliar na divulgação e aumentar relativamente os ganhos para os fundos da nossa região”, conclui a discente da UCPel.

Participe da pesquisa

O questionário já está disponível e é composto por 12 perguntas. O levantamento on-line deve ser feito durante um mês e com o resultado, o NAF irá traçar estratégias para compartilhar a informação sobre a doação de parte do Imposto de Renda com a população.

Se você quer ajudar no levantamento de dados do NAF da UCPel, acesse o link aqui e responda a pesquisa “Destinação(doação) do Imposto de Renda aos Fundos Municipais dos Direitos da Criança (FDCA) e do Adolescente e do Idoso (FDI)”. 

 

Redação: Alessandra Senna

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*